Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

Paula Rodrigues - ISCTE - EP Estradas de Portugal

SEMINÁRIO «ABORDAGENS BIOGRÁFICAS, MEMÓRIA, HISTÓRIAS DE VIDA»
02/2009
CIES-ISCTE

PAULA RODRIGUES
ISCTE - EP Estradas de Portugal
Vidas na Mina e Narrativas Biográficas: revisitação de uma pesquisa de terreno
Lives in the mine and biographical narratives: revisiting a field research

Em 1988, a mina do Lousal, no concelho de Grândola, foi encerrada, determinando o fim de um ciclo na história do lugar, com quase um século de existência. Alguns anos mais tarde (1994-97) foi possível desenvolver uma pesquisa de terreno sobre os modos de vida da comunidade mineira do Lousal durante os duros anos do Estado Novo (1940-60), tendo-se privilegiado como principal ferramenta de observação a narração biográfica. Inseridos num espaçotempo particular de quebra do modelo social vigente, os velhos mineiros e as suas famílias reconstruíram, na primeira pessoa, a sua vida, e, ao fazê-lo, mais do que um exercício de balanço da história pessoal ancorado em relações sociais de subordinação, permitiram fazer jus a uma memória social assente na palavra falada, que representa um registo valioso e irrepetível da identidade pessoal e social da sua comunidade.
Tomando como ponto de partida aquele estudo de caso, a comunicação pretende reflectir, no quadro de uma estratégica metodológica que valorizou o processo social de observação, sobre as condições de validade metodológica das narrações biográficas. Tendo em consideração esta linha orientadora, serão abordados não só aspectos de ordem conceptual e de metodologia, mas, também, outros relacionados com a prática, quer de aplicação deste procedimento quer de “produção” dos “textos” resultantes.

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA