Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

Campo Maior

nome:
Rosa Dias
ano nascimento:
1947
concelho:
Campo Maior                                  
distrito:
Portalegre
data de recolha: Julho 2012
Filmagem da autoria de Catarina Durão Machado e entrevista orientada por Ana Zulmira Durão Machado. Trabalho realizado no âmbito do Curso de Verão da FCSH – “Registo de vídeo da tradição oral - contos, lendas, provérbios ...”. Gravado na Casa do Alentejo, Lisboa.
 

Dados de inventário
  • Campo Maior
  • Campo Maior (sobre Campo Maior, mas gravado em Lisboa - Casa do Alentejo)

    "Campo Maior"- Poema sobre as memórias de vivência em Campo Maior.

    Rosa Dias, Ano de nascimento 1947, Lisboa, Registo 2012.

Transcrição
  • Campo Maior

    Em Campo Maior

    Vila do Alto Alentejo

    Planície de trigais

    Cercada de boa terra

    De afamados olivais

    Onde me vejo e revejo

    Nesse meu lindo Alentejo

    Onde nasceram meus pais

    Morei numa casa velha

    Na piçarra do castelo

    Velha mas branquinha e bela

    Onde eu tive uma varanda

    No lugar duma janela

    E nas traseiras da casa

    Onde o sol batia em brasa

    Havia a dita varanda

    Onde em noites de Verão

    E tardes de sol de Inverno

    Batia o meu coração

    Como quem está no Inferno

    Inferno sim, mas de prazer

    Pois posso agora dizer

    Que aquilo que então sentia

    Dava-me tanta alegria

    Tanta força para viver

    E nessa bela varanda virada ao sol nascente

    Havia vida, havia gente

    Gente que chorava, gente que ria

    Gente por demais conformada

    Com a miséria que havia

    Debruçados na varanda

    Onde o ar entra e comanda

    Havia vasos de latas

    Enfeitados com flores

    Das mais variadas cores

    Fazendo-me então parecer

    Que eu estaria a viver

    Num jardim de nobres senhores

    Ou num palácio tão belo

    Dentro de nobre castelo

    Se José Régio disse então

    Que tinha por diversão

    Uma pequena varanda

    Diante de uma janela

    Toda aberta ao sol que abrasa

    Ao frio que tolhe e gela

    Ao vento que anda, desanda

    E sarabanda e ciranda

    Em redor da sua casa

    Porque não poderei eu dizer

    Que em Campo Maior

    Vila do Alto Alentejo

    Planície de trigais

    Cercada de boa terra

    De afamados olivais

    Onde me vejo e revejo

    Nesse meu lindo Alentejo

    Onde nasceram meus pais

    Também tive uma varanda

    Numa casa bela mas velha

    E como o vento ciranda

    Vida de pobre desanda

    E tantas vezes sarabanda

    Não pude ter uma janela

    Mas em frente à pobre casa

    Uma bela torre se erguia

    Com traços de fidalguia

    Lá bem no alto uma janela

    Uma janela manuelina

    Onde esta pobre menina

    Em sonhos e fantasia

    Àquela torre subia

    Debruçava-me à janela

    Resplandecia alegria

    Bela janela arrendada

    Numa torre abandonada

    Em frente da pobre casa

    Aonde quase sempre abrasa

    Era fogueira apagada

    Mas a menina sorria

    E guardou no coração

    Aquela recordação

    E hoje, com uma certa nostalgia

    Conto através de poesia

    A história que será lenda

    De uma pequena varanda

    Onde o sol batia em brasa

    Onde o vento ainda anda

    E sarabanda e ciranda

    Ao redor da minha casa

     

    Informante: Rosa Dias

    2012/Campo Maior

     

     

     

     

     

     

Caracterização
Identificação
  • Campo Maior
  • Rosa Dias
  • 1947
Contexto de produção
Contexto territorial
  • Casa do Alentejo - Lisboa
Contexto temporal
Manifestações associadas
Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Poesia Popular da autora transmitida por livro e recitada em diversos eventos culturais.

Equipa responsável
  • Ana Machado
  • Catarina Machado
  • Ana Sofia Paiva
Arquivo
  • 186/01:04 - 04:07
  • 2/Campo Maior 2012/ Campo Maior

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA