Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

Não pareço aquilo que sou

nome:

Eusébio Pereira

ano nascimento:

23/11/1915

freguesia: Grândola
concelho:
Grândola
distrito:
Setúbal
data de recolha: Fevereiro 2007
 

Dados de inventário
  • Não pareço aquilo que sou
  • Poetas Populares de Grândola - Vídeo Poesia Popular.

    “Não pareço aquilo que sou”- A passagem do tempo criou uma distância entre a imagem mental e física de uma mesma pessoa.

    Eusébio Pereira; Ano de nascimento: 1915; Concelho de Grândola.

    Registo 2007.

Transcrição
  • Não pareço aquilo que sou

     

    «Eu estou velho e estou cansado

    que eu sou pai e bisavô.

    Mas não sou aquilo que eu pareço

    e nem pareço aquilo que sou.

     

    Quem em tempos me conheceu

    sabe que isto que é verdade.

    Hoje ‘tou(1) sentindo a saudade

    desse bem que já foi meu.

    Escondo alguém como eu,

    que fez história do resultado,

    fosse mal ou bem passado,

    ainda hoje quem me dera!

    Já não pareço o que era

    que eu estou velho, estou cansado.

     

    Eu sou aquela pessoa

    que os anos mandam em mim,

    estou no princípio do fim

    porque a idade não perdoa.

    E a minha voz quando soa

    mostra bem o que mudou.

    E alguém que me acompanhou,

    nos meus tempos de rapaz,

    sabe a diferença que faz

    ser pai ou bisavô.

     

    Há grandes transformações,

    até na mentalidade,

    mas tudo é filho da idade,

    não posso ter ilusões.

    Já não tenho pretensões

    àquilo que eu gosto e conheço.

    De tudo quanto eu mereço,

    já nada ou pouco espero,

    porque eu na’(2) sou quem eu quero.

    Eu na’ sou aquilo que eu pareço.

     

    Tantas horas que eu passo

    a falar só e comigo,

    porque se eu não faço o que digo,

    também não digo o que faço.

    E sempre que posso desfaço

    tudo quanto se passou.

    Mas o tempo não perdoou,

    deu-me uma imagem diferente.

    E por isso, para muita gente,

    não pareço aquilo que sou.»

     

    Eusébio Pereira, Grândola, Fevereiro de 2007

     

    Glossário:

    (1) ‘Tou: abreviatura oral de “estou”.

    (2) ‘Na’: abreviatura oral de “não”.

Caracterização
  • Décimas

    Quadra (mote) seguida de uma glosa em 4 décimas (em redondilha maior).

    Classificação: Proposta por Paulo Correia (CEAO/ Universidade do Algarve) em Julho de 2007.

Identificação
  • Não pareço aquilo que sou
  • Eusébio Pereira
  • 1915
Contexto de produção
  • Comunidade - Poetas Populares de Grândola
Contexto territorial
  • Biblioteca Municipal de Grândola (contacto Cristina Bizarro).
Contexto temporal
  • Actualmente sem periodicidade certa. Encontros informais e iniciativas do Município de Grândola.
Manifestações associadas
  • A poesia alentejana de Grândola era dita em festas, feiras, locais de entretenimento e principalmente em tabernas.
Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Poetas populares em iniciativas esporádicas do Município de Grândola. Em Grândola, vários poetas populares participam na iniciativa Rota das Tabernas (16ª edição em 2010) realizada em Junho.

    Existem vários Encontros de Poetas Populares, nomeadamente em concelhos do Alentejo e do Algarve.

Equipa responsável
  • José Barbieri
  • José Barbieri
  • Maria de Lurdes Sousa
Arquivo
  • 1/38:35 - 40:40
  • 1/grandola2011/Grandola 1

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA