Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

Tenho corrido 1000 terras

nome:
Francisco Galamba
ano nascimento:
1922
freguesia: Vila Verde de Ficalho
concelho:
Serpa                                          
distrito:
Beja
data de recolha: 2006
 
 

Dados de inventário
  • Tenho corrido 1000 terras
  • Serpa

    “Tenho corrido 1000 terras”- Cante _Poema amoroso.

     

    Francisco Galamba; Vila Verde de Ficalho; Ano de nascimento: 1922; Concelho de Serpa.

    Registo 2006.

Transcrição
  • Tenho corrido mil terras

     

    «Tenho corrido mil terras,

    cidades mais de quarenta.

    Tenho visto caras lindas.

    Tenho visto caras lindas,

    só a tua me contenta.

     

    Venho da terra dos brilhos

    por serras de diamante,

    passando mares e rios.

    Passando mares e rios

    pra(1) ver teus olhos brilhantes.

     

    Pra ver teus olhos brilhantes,

    para amar teu coração.

    E venho a pedir ao teu pai,

    venho a pedir ao teu pai,

    que me dê a tua mão.

     

    E anda, vem pró(2) pé de mim.

    E anda vem, não sejas louca,

    que eu quero te dar um abraço.

    Que eu quero te dar um abraço,

    dois ou três beijos na boca.

     

    Dois ou três beijos na boca.

    Quero sentir o teu calor.

    E anda, vem prò pé de mim,

    anda vem prò pé de mim,

    vem pró pé do teu amor.»

     

    Francisco Galamba, Ficalho, (concelho de Serpa), Fevereiro 2006.

     

    Glossário:

     

    (1) Pra – abreviatura oral, de uso informal e coloquial, de “para”.

    (2) Prò – abreviatura oral, de uso informal e coloquial, de “para o”.

     

     

     

     

     

Caracterização
Identificação
  • Tenho corrido 1000 terras
  • Francisco Galamba
  • 1922
Contexto de produção
Contexto territorial
  • Biblioteca Municipal de Beja (contacto Cristina Taquelim).
Contexto temporal
  • Hoje sem periodicidade certa. Encontros informais e iniciativas do Município de Serpa e de escolas
Manifestações associadas
  • Transmitidas aos serões, em quotidianos de trabalho e lazer.
Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Contadores de histórias participam em iniciativas do Município de Serpa e de Beja. São convidados para participar na inicativa Palavras Andarilhas. Vão a escolas, lares e bibliotecas.

    Em 2010/2011 o Agrupamento de Escolas de Serpa como o projecto "Contos d'Aqui" entrevistou e levou à escola a Susete Vargas de Vale do Poço e a Francisca Calvilho de Vila Verde de Ficalho, mais duas contadoras de histórias do concelho de Serpa (ver o blog em "Documentação")

Equipa responsável
  • Cristina Taquelim
  • José Barbieri
  • Maria de Lurdes Sousa
Arquivo
  • 7/18:00 - 20:32
  • 1/Serpa2011/Serpa3

DESCARREGAR O LIVRO

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA