Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

Barco à deriva

nome:
Manuel Chochinha
ano nascimento:
 
freguesia:  
concelho:
Sesimbra                                     
distrito:
Setúbal
data de recolha: 2008
 
 

Dados de inventário
  • Barco à Deriva
  • Sesimbra

    "Barco à Deriva" - Poema a Portugal que compara o país a uma embarcação.

    Manuel Chochinha, Sesimbra, Registo 2008

Transcrição
  • Barco à deriva

     

    Andamos perdidos

    Sem futuro risonho,

    Sentimo-nos feridos,

    Sem termos um sonho.

     

    Somos comandados

    Sem ter comandante.

    Ficamos parados,

    Não vamos avante.

     

    Porque o nosso arrais[1]

    Já está em desnorte,

    Não remamos mais:

    Rolamos à sorte.

     

    Estou num navio

    Em cima do mar,

    Ao vento e ao frio

    Mas sem navegar.

    Este vendaval

    Está enfurecido.

    Lá se vai o mal,

    É barco perdido.

     

    Já não há fateixa[2],

    Não temos amarra.

    Abre-se uma brecha

    E tudo se apaga.

     

    Tento remendar,

    Abre o batedouro[3].

    Mas não vou chegar

    Ao ancoradouro[4].

     

    Puxei a jangada

    Para me salvar.

    Eu já não sou nada

    Em cima do mar.

     

    Senti-me com fome,

    Fiquei moribundo.

    Já perdi o norte,

    Não pertenço ao mundo.

     

    A quem de direito

    Mando este recado:

    Mas foi por defeito

    O meu barco virado?

     

    Ao morrer na areia,

    Pobre e infeliz,

    Deu com maré cheia

    À costa, o meu país.

     

     


    [1] Profissional da marinha mercante.

    [2] Espécie de âncora para fundear pequenos barcos.

    [3] Forro que protege a vela, no embate com o arco da gávea.

    [4] Lugar próprio para ancorar.

     

Caracterização
    • Poesia popular, poesia de autor.
Identificação
  • Barco à Deriva
  • Manuel Chochinha
  • Actividade piscatória
Contexto de produção
  • Comunidade piscatória
Contexto territorial
  • Sesimbra, porto de pesca
Contexto temporal
Manifestações associadas
  • Transmitidas aos serões, em quotidianos de trabalho e lazer.
Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Actividades promovidas pelo Município de Sesimbra, Biblioteca Municipal e Museu Municipal.

    Comunidade piscatória  da Sesimbra.

Equipa responsável
  • Filomena Sousa
  • José Barbieri
  • Ana Sofia Paiva
Arquivo
  • 105/44:52 - 46:00
  • 2/Sesimbra/Sesimbra105

DESCARREGAR O LIVRO

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA