Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

Fui ao cimo do castelo

nome:
Manuel Chochinha
ano nascimento:
 
freguesia:  
concelho:
Sesimbra                                     
distrito:
Setúbal
data de recolha: 2008
 
 

Dados de inventário
  • Fui ao Cimo do Castelo
  • Sesimbra

    "Fui ao Cimo do Castelo" - Louvor à região de Sesimbra.

    Manuel Chochinha, Sesimbra, Registo 2008

Transcrição
  • Fui ao cimo do Castelo

     

    Fui ao cimo do castelo

    Admirar a paisagem

    Desta terra encantadora

    Eu vi o quadro mais belo

    Como um símbolo, uma miragem

    Que nos toca e vai embora.

     

    Vi monumentos antigos,

    As redes no areal

    Que o turista tanto adora;

    Mar calmo, sem ter perigos,

    A Praia, a Marginal

    E o belo romper da aurora.

     

    Sesimbra, casas branquinhas

    Com chaminés a fumar,

    Ao nosso povo pertence.

    Chegam as tuas barquinhas

    Com peixe fresco a saltar!

    Ai, como é bom ser sesimbrense!

     

     

     

Caracterização
    • Poesia popular, poesia de autor.
Identificação
  • Fui ao Cimo do Castelo
  • Manuel Chochinha
  • Actividade piscatória
Contexto de produção
  • Comunidade piscatória
Contexto territorial
  • Sesimbra, porto de pesca
Contexto temporal
Manifestações associadas
  • Transmitidas aos serões, em quotidianos de trabalho e lazer.
Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Actividades promovidas pelo Município de Sesimbra, Biblioteca Municipal e Museu Municipal.

    Comunidade piscatória  da Sesimbra.

Equipa responsável
  • Filomena Sousa
  • José Barbieri
  • Ana Sofia Paiva
Arquivo
  • 105/38:23 - 39:02
  • 2/Sesimbra/Sesimbra105

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA