Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

Ó que praia tão linda

nome:
Manuel Almeida da Silva
ano nascimento:
1935
freguesia: Apúlia
concelho:
Esposende
distrito:
Braga
data de recolha: Outubro 2010
 
 
 

Dados de inventário
  • Ó que praia tão linda
  • Esposende

    "Ó que praia tão linda" - Quadra de uma das muitas cantigas que se cantavam à beira-mar, na espera do sargaço.

    Manuel da Silva, Ano de Nascimento 1935, Apúlia. Registo 2010

Transcrição
  • Ó que praia tão linda

     

    E se esperava que o mar arrojasse o sargaço à praia, havia umas cantigas, não é?

     

    Ó que praia tão linda e tão bela

    Ó que lindo sítio para namorar

    Cansados, sentados na areia

    Apanhando beijinhos do mar

     

    Quando chegava a altura do mar arrojar o argaço à praia, então havia a voz de um indivíduo que dizia: Sargaço! E toda a gente se preparava, levava os utensílios a correr às costas e… lá se andava na faina.

     

     

Caracterização
Identificação
  • Ó que praia tão linda
  • Manuel da Silva
  • 1935
  • Agricultor
Contexto de produção
Contexto territorial
  • Esposende, Biblioteca Municipal Manuel Boaventura
Contexto temporal
Manifestações associadas
  • Saber-fazer, processo de construção das masseiras e da apanha de Sargaço
  • Instrumentos agrícolas e instrumentos da apanha do sargaço
  • Praia da Apúlia
Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Comunidade agrícola da Apúlia.

Equipa responsável
  • Filomena Sousa
  • José Barbieri
  • Ana Sofia Paiva
  • Documentário - Realização Filomena Sousa

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA