Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

As vindimas

nome:

António Comprido

ano nascimento:

1933

freguesia: Pereiro de Palhacana (Bonvizinho)
concelho:
Alenquer
distrito:
Lisboa
data de recolha: 2013
 

Dados de inventário
  • As vindimas
  • Alenquer

    "As vindimas" - Descrição de como e quando se fazia a pisa da uva.

    António Comprido, Ano de Nascimento 1933. Bonvizinho. Pereiro de Palhacana.

Transcrição
  • As vindimas

    "Então a gente andava à vindima todo o dia, a acartar uvas para dentro de uma tina com um macho e uma carroça. Depois trazia-se aqui para a adega. Depois de noite é que a gente ia fazer esse trabalho dentro do lagar. Era tudo pisado. Depois era um a encher aqui, dentro do lagar, para o outro acartar para a vasilha. De noite: a acartar para a vasilha – e que se enchia as vasilhas. Fazia-se esse trabalho sempre de noite, que era para ter o dia livre para as apanhar. Mas era ali todas pisadas era a pé. Não havia os esmagadores como há hoje. Hoje há um esmagador, mas naquele tempo, não. Cheguei até a pisá-las mesmo dentro das tinas. Quando havia mais aperto assim de trabalho, a gente, para não estar a perder tanto tempo, depois, para descansar mais o corpo quando era à noite, vinha-se logo da fazenda, chegava-se aqui, encostava-se ali à porta da adega, pisava-se dentro da tina. Vinha um rapaz pequeno (que eu cheguei também a meter muitas!). Uns acartavam logo para dentro da vasilha, a enfiar lá para dentro, que era depois a tina ir buscar mais com a carroça.

    O bom trabalho era pisá-las todas ali, todas ali a pisar e a meter dentro das vasilhas. Depois de elas estarem dentro das vasilhas, ainda era com uma mexedeira com quatro bicos ou três, ali a mexer, dentro dos tonéis. A mexer, a picar, a picar, que era para a casca da uva dar a cor ao vinho, que a casca da uva é que faz dar a cor ao vinho. Ali a picar, a picar, a picar, até ele ficar à nossa maneira, vá. Tinha de ficar ali à nossa maneira. Quando a gente via que pronto, está bom, é que era tirado. Enfim… Fizemos aí muito."

     

     

     

     

Caracterização
    • Relato sobre práticas
Identificação
  • As vindimas
  • António Comprido
  • 1933
  • Trabalhador agrícola
Contexto de produção
Contexto territorial
  • Bonvizinho, residência de António Comprido
Contexto temporal
Manifestações associadas
Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Histórias partilhadas nos tempos de lazer e em festas e romarias. Actividades promovidas pelo Município.

Equipa responsável
  • Filomena Sousa
  • José Barbieri
  • Ana Sofia Paiva
  • Documentário - Realização Filomena Sousa