Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

A apanha da cereja

nome:

Carlos Rodrigues

ano nascimento:

1940

freguesia: Pereiro de Palhacana 
concelho:
Alenquer
distrito:
Lisboa
data de recolha: 2013
 

Dados de inventário
  • A apanha da cereja
  • Alenquer

    "A apanha da cereja" - Sobre as cantigas ao desafio entre rapazes e raparigas durante a apanha da cereja.

    Carlos Rodrigues, Ano de Nascimento 1940. Pereiro de Palhacana. Alenquer. 

Transcrição
  • A apanha da cereja

    "As mulheres andavam à cereja e nós homens, rapazes, andávamos a sulfatar, ao pulverizador. Via-se as raparigas a andar à cereja e a gente metia-se com elas, não é? Que é o que tinha assim mais coisa… E então aonde a gente as descobrisse, começava-se a cantar. E elas respondiam de lá.

     

    Oliveirinha do adro

    Que o vento leva a flor

    Só a mim ninguém me leva

    Para ao pé do meu amor"

     

     

Caracterização
    • Relato sobre práticas
Identificação
  • A apanha da cereja
  • Carlos Rodrigues
  • 1940
  • Trabalhador agrícola e comerciante
Contexto de produção
Contexto territorial
  • Pereiro de Palhacana, plantação de kiwis.
Contexto temporal
Manifestações associadas
Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Histórias partilhadas nos tempos de lazer e em festas e romarias. Actividades promovidas pelo Município.

Equipa responsável
  • Filomena Sousa
  • José Barbieri
  • Ana Sofia Paiva
  • Documentário - Realização Filomena Sousa