Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

O pilado para a masseira

nome:
Manuel Almeida da Silva
ano nascimento:
1935
freguesia: Apúlia
concelho:
Esposende
distrito:
Braga
data de recolha: Outubro 2010
 
 
 

Dados de inventário
  • O Caranguejo Pilado
  • Esposende

    "O Caranguejo Pilado" - Explicação de como era pescado o caranguejo pilado para servir de adubo nas masseiras.

    Manuel da Silva, Ano de Nascimento 1935, Apúlia. Registo 2010

Transcrição
  • O caranguejo pilado[1]

     

    Era o sargaço e o pilado, o caranguejo, não é? Isso então… Essa frota é que era árdua, não é? Porque eram dois barcos que faziam companha um com o outro, não é? Um tinha as redes e ou outro tinha os cabos. Vinha uma grande quantidade de metros de cabos. E então um barco ancorava e o outro ia fazer o cerco, não é? Ia lançar a rede para a apanha do pilado. Depois a rede ia abaixo, porque o pilado está sempre pousado no fundo do oceano, não é? E depois vinha novamente, encostava lado a lado com o barco que estava ancorado e começavam três marinheiros – três homens em cada barco – a puxar, com força mais ou menos equilibrada. A arrastar, a arrastar… E depois vinha à superfície. E dali era com uns utensílios próprios, que se chamava rabixel, e ia tirar o caranguejo, ou o pilado, do saco e ia encher os dois barcos. E assim ia…

    Era o segundo adubo ou – para mim – o principal. Porque era o adubo mais forte, que tinha muito mais que o argaço. Depois trazia-se para a praia, estendia-se na praia, acima da maré alta, e secava. Depois de seco, era armazenado nuns sítios próprios, numas baças grandes, até ficar à altura de fazer a sementeira. Quando viesse a altura de fazer as sementeiras, de adubar as terras, então a gente ia dentro daquelas baças grandes, tirava o pilado, punha numas eiras a asperjar, a ficar aquilo coiso… E depois dentro dumas outras balçazinhas pequenas, com uma pá, picávamos o pilado todo.

     

     


    [1] Espécie de caranguejo muito utilizado na fertilização das terras.

     

Caracterização
    • Episódio de vida/Saber Fazer
Identificação
  • O Caranguejo Pilado
  • Manuel da Silva
  • 1935
  • Agricultor
Contexto de produção
Contexto territorial
  • Esposende, Biblioteca Municipal Manuel Boaventura
Contexto temporal
Manifestações associadas
  • Saber-fazer, processo de construção das masseiras e da apanha de Sargaço
  • Instrumentos agrícolas e instrumentos da apanha do sargaço
  • Praia da Apúlia
Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Comunidade agrícola da Apúlia.

Equipa responsável
  • Filomena Sousa
  • José Barbieri
  • Ana Sofia Paiva
  • Documentário - Realização Filomena Sousa


 

Visite a nova exposição virtual!

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA