Atenção - as atividades estão lotadas (em 01-10-2019).

 

As inscrições estão fechadas.

 

 Contactaremos com os interessados no dia 6 de Outubro.

 

Gratos pelo vosso interesse.

 

Alenquer

 

11, 18 e 25 de outubro 2019

9.00h-18.00h

 

 

                   

 Formulário de inscrição 

                       

 

Formações certificadas como "Ação de Curta Duração" pelo

Centro de formação "Pêro de Alenquer"

Alenquer, Arruda dos Vinhos, Sobral de Monte Agraço.

 

Como habitualmente estas ações são de frequência gratuita mas sujeitas a inscrição prévia através do formulário indicado.

 

contactos: 961502105 Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Luís Correia Carmelo
Ana Sofia Paiva
Cristina Taquelim

LU.GAR.FALADO

 

Narração e narrativas. Sensibilização à tradição oral e sua relação com o ensino e com a mediação da leitura.

Partilha de experiências, ferramentas e metodologias para a promoção da inclusão em estruturas culturais e educativas.

Ações de formação destinadas a docentes, formadores, mediadores culturais, técnicos de serviços educativos de museus, bibliotecas.

 

Ações de formação:

 

Outubro 11 - Luís Correia Carmelo - Museu Damião de Góis e das vítimas da inquisição

PÉS NO CHÃO, CABEÇA NO AR ou como lidar com o corpo à frente de uma assistência


Falar, ler ou contar histórias à frente de um público apresenta-nos imensos desafios. Não se prendem apenas com o que dizemos, com as histórias que contamos, ou com os recursos que temos para captar a atenção da nossa assistência. No fim, tudo isto estará relacionado com o nosso corpo - que também conta histórias - e que amiúde nos coloca problemas: Mas o que é que faço com as mãos? Onde é que ponho os pés? Estes “detalhes" determinam a qualidade na nossa presença e, por conseguinte, a clareza da nossa história. São destas coisas mínimas, mas tão importantes, que trata esta oficina.

 


 

Outubro 18 - Ana Sofia Paiva - Auditório da Biblioteca Municipal de Alenquer

OUVIR PARA LER do ouvidor ao leitor


O exercício de ouvir e contar no desenvolvimento de competências leitoras e a importância da memória, do património oral e dos contos populares na nossa formação e enraizamento enquanto indivíduos. Esta oficina propõe o desenvolvimento de competências narrativas para diferentes audiências e contextos, a partir de alguns contos tradicionais portugueses.

 


 

Outubro 25 - Cristina Taquelim - Auditório da Biblioteca Municipal de Alenquer

CONTAROLER - entre os textos e os contextos


Contar de livros na mão, contar com os livros à mão – hesitei no titulo a escolher. Então inventei a palavra para exprimir o que gostaria de fazer. Partindo da manipulação de livros e textos, pretendo falar de mediação da leitura e das questões associadas ao desenvolvimento leitor, reflectindo sobre a forma como o mediador de leitura pode apoiar esse processo, sempre na relação entre textos e em função de diferentes contextos? Pretende-se pensar sobre o lugar da palavra, da oralidade e da literatura na formação do leitor, do sujeito que se pensa e acede aos significados do mundo pela relação com a palavra. Que livros? Que textos ? Que leitores?

 


 

 

 

Atividades certificadas como "Ação de Curta Duração"

 

Como chegar à formação de dia 11:

 

 

Por favor estacione perto do Museu do Vinho, Parque de estacionamento do Areal, que fica a 2 minutos a pé.