Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

É tão triste ser velhinho

nome:
António Relvas Inácio
ano nascimento:
1931
freguesia: Ciborro
concelho:
Montemor-o-Novo                                       
distrito:
Évora
data de recolha: Maio 2012
 
 

Dados de inventário
  • É tão triste ser velhinho
  • Montemor-o-Novo

    "É tão triste ser velhinho"- Quadra glosada em décimas sobre a velhice.

    António Inácio, Ano de nascimento 1931, Montemor-o-Novo, Registo 2012.

Transcrição
  • É tão triste ser velhinho

     

     

    É tão triste ser velhinho

    É tão triste não ter sorte

    Ser velho e sem um carinho

    É tão triste como a morte

     

    Vejo com grande tristeza

    Esta roda sempre a rolar

    Mas vamos ter que aceitar

    São as leis da natureza

    Eu digo e tenho a certeza

    Que é triste viver sozinho

    Ao ter que deixar o ninho

    Para ir viver num lar

    E aos novos quero mostrar

    Como é triste ser velhinho

     

    Todos nesta roda a rolar

    Alguns ficam pelo caminho

    Mas quem chegar a velhinho

    Tem muito para contar

    Aos novos pode mostrar

    Que resistiu, não por ser forte

    Mas não vai fugir à morte

    Está sujeito ao sofrimento

    E é por tudo isto que lamento

    Que é tão triste não ter sorte

     

    Sem carinhos de ninguém

    Vejo em risco o meu futuro

    Já não me sinto seguro

    São falhas que a vida tem

    Sinto desprezo também

    Talvez por ser já velhinho

    De amor, nem um bocadinho

    O amor para mim não existe

    E é por isso que vivo triste

    Por ser velho e sem carinho

     

    Mas quero dizer a toda a gente

    Para que fiquem a saber

    Cheguei a velho, é um prazer

    Vivi uma vida alegremente

    Mas hoje, tão de repente

    Sinto um desgosto tão forte

    Por ser velho e não ter sorte

    Sou por todos desprezado

    Por me ver desamparado

    É tão triste como a morte

    Informante: António Relvas Inácio

    2012/Montemor-o-Novo

     

     

     

     

     

     

Caracterização
Identificação
  • É tão triste ser velhinho
  • António Inácio
  • 1931
Contexto de produção
Contexto territorial
  • Montemor-o-Novo
Contexto temporal
Manifestações associadas
Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Em eventos culturais, excursões e actividades organizadas pela junta de freguesia ou município de Sobral de Monte Agraço

Equipa responsável
  • José Barbieri
  • José Barbieri
  • Ana Sofia Paiva
Arquivo
  • 154/02:13 - 04:04
  • 1/Montemor-o-Novo2012/Montemor-o-Novo

DESCARREGAR O LIVRO

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA