Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

Cinemateca Digital

Cinemateca Digital

imagem composta por Memoria Imaterial CRL a partir de fotogramas da Cinemateca Digital

 

O MEMORIAMEDIA destaca da CINEMATECA DIGITAL dezassete registos e documentários de cariz etnográfico. 

 

CINEMATECA DIGITAL


"A Cinemateca Digital nasceu em 2011 da participação portuguesa no projecto European Film Gateway – consórcio constituído por 16 cinematecas e arquivos fílmicos europeus enquanto fornecedores de conteúdos e 6 entidades fornecedoras de serviços tecnológicos –, que funciona como agregador sectorial para o portal Europeana.
Para a selecção das obras a fornecer no âmbito desse projecto, a Cinemateca adoptou como critério o tema da produção portuguesa de não-ficção do período 1896-1931, consubstanciado nas representações digitais dos seguintes materiais:
a) 170 filmes;
b) material gráfico (fotografias, cartazes, anúncios);
c) textos (de época ou posteriores)."

ACESSOS
"O acesso à colecção digital pode fazer-se mediante pesquisa no catálogo ou por navegação através dos índices.
Os conteúdos da Cinemateca Digital estão também disponíveis através dos portais Europeana (www.europeana.eu) e European Film Gateway (www.europeanfilmgateway.eu).
O acesso à Cinemateca Digital tem apenas como fim a consulta e visionamento em linha dos filmes ali representados digitalmente. Para qualquer outro tipo de utilização das imagens, deverão consultar-se os serviços do arquivo da Cinemateca, através do seu Departamento ANIM."

in http://www.cinemateca.pt/Cinemateca-Digital.aspx

 

CINEMATECA PORTUGUESA - MUSEU DO CINEMA

 

"A Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema é o organismo nacional, tutelado pelo Secretário de Estado da Cultura, que tem por missão a salvaguarda e a divulgação do património cinematográfico. Foi fundada no início dos anos 50 por um dos pioneiros das cinematecas europeias, Manuel Félix Ribeiro, e tornou-se uma instituição autónoma em 1980. Desde 1956, a Cinemateca é membro da Federação Internacional dos Arquivos de Filmes (FIAF), criada em 1938, com o objectivo de promover a conservação e o conhecimento do património cinematográfico, conjugando os esforços dos mais importantes arquivos do mundo, e que conta actualmente com mais de 150 afiliados de 77 países. Também em 1956, foi inaugurada a primeira sala própria da Cinemateca, dedicada à sua actividade exibidora. Em 1996, a Cinemateca abriu um moderno centro de conservação nos arredores de Lisboa, que é actualmente a base de todas as actividades de preservação, pesquisa técnica e acesso, incluindo o uso de novas tecnologias.

A Cinemateca desempenhou um papel decisivo na criação e desenvolvimento da rede de instituições europeias dedicadas à preservação do património cinematográfico europeu, sendo co-fundadora da Associação Europeia de Cinematecas (ACE) e participando em diversos programas, tais como: Projecto LUMIÈRE (Programa Europeu Media I, 1991-1995, que teve sede em Lisboa); ARCHIMEDIA – Rede Europeia de Formação para a Promoção do Património Cinematográfico; «Urgent: Nitrate Can't Wait» (programa Raphael); European Film Gateway (2008-2011)."

 in http://www.cinemateca.pt/Cinemateca/Apresentacao.aspx

DESCARREGAR O LIVRO

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA