Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

A recolha de Trajos

    • Manuel da Conceição Braga

    • Nascimento: 1946.

    • Residência: Portalegre

    • Actividade profissional: Administrativo

    • Função no GFCB: Direcção, Comissão Técnica e cantador

    • Entrevista: 2010/2/8_ Portalegre_Sede do GFCB

"E outra das coisas que fizemos essencialmente foi, nomeadamente, a questão dos trajos. Fomos ver… Para já identificámos todos os trajos que existiam: quem é que tinha dado aquela recolha (daquele traje); se foi recolhido na freguesia tal, quem é que foi a pessoa que deu a informação; se o trajo foi reconstituído através apenas de palavras ou se foi reconstituído apenas através de fotografia ou de peças ainda originais …

Portanto ainda conseguimos, de facto, muita gente que tinha nas suas casas – dos seus familiares antigos – peças ainda originais. Temos ainda alguns desses, nomeadamente, os trajes de casamento ou de festa. Esses ainda se encontram.

De trabalho, não se encontra nada por uma razão muito simples: porque os trajos de trabalho eram da gente do povo e iam remendando até gastar totalmente. E quando havia algum bocadinho que ainda que estava, que era possível ainda ter alguma utilização, eram para fazer – aqui chamávamos-lhes uns tipos de – farrapinhos para limpar o pó, para limpar e lavar a loiça. Pronto era utilizado até mesmo gastar completamente.

Agora os trajes de festa, de casamento, ainda encontramos algumas peças que as pessoas nos emprestaram. Outros ofereceram, outros emprestaram-nos – normalmente as pessoas não querem dar definitivamente essas peças. São dos seus familiares, da mãe ou do pai ou da avó ou do avô, e querem ficar com eles. Mas emprestam para a gente depois reproduzir. Temos aí uma série de reproduzidos.

Neste momento, o Grupo da Boavista tem… De facto este é um momento alto do Grupo. É, de facto, os seus trajes estão todos identificados – de onde é que foram recolhidos, quem é que deu a informação. Nalguns casos conseguimos fotografias de onde foram reconstituídos os trajes antigos. Temos essas fotografias também e fizemos isso portanto."

 

 

 


 

Visite a nova exposição virtual!

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA

 

 

Entidades financiadoras do projecto Identidades Portalegre