Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

A burra com sede

nome:
Helena Cotrim
   
freguesia:
Matacães
concelho:
Torres Vedras
distrito: Lisboa
data de recolha: 02/2010
   
 
 
 

Dados de inventário
  • A burra com sede
  • Torres Vedras

    "A burra com sede"- Dois irmãos que se esquecem de dar água à burra.

    Helena Cotrim, Ano de nascimento 1950,Matacães, Torres Vedras, Registo 2010.

Transcrição
  • A burra com sede

     

    A burra era muito marota! Essa burra era marota... E então dizia para os miúdos (são gémeos). E então dizia assim:

    - Vocês têm que ir dar água à burra à Fonte da Pipa! -essa tal fonte antiga.

    - Está bem, pai.

    - Vocês saem da escola, fazem as coisas da escola e vão dar água à Janica.

    - Está bem!

    - Olha que eu depois sei se vocês deram água à Joanita, se não.

    Houve um dia que ele chegou lá da fazenda já tarde e eles, os irmãos, um para o outro:

    - Ai, Luís… A gente não fomos dar água à Janica … Ai, se ela de noite zurra…

    Não é que às três da manhã a burra zurra, zurra, zurra… E diz assim o irmão para ela:

    - Ai Dores, olha que a Janica está a zurrar…

    O pai levantou-se, chegou lá:

    - Ó meninos, vocês foram dar água à Janica?

    - Fomos…

    - Ai não foram, não! A Janica está cheia de sede! E vocês agora levantam-se e toca a ir à Fonte da Pipa dar água à Janica, porque ela não é mentirosa. Ela está cheia de sede!

    Eles, coitados, cheios de medo, às três da manhã… A fonte é lá escura, não havia luz ainda, não havia nada… Lá foram eles, coitadinhos, com a burra, caminho fora. E diz ele assim:

    - Ai Janica, Janica! Para a próxima que a gente se esqueça de dar água a ti, vais ver como é que elas te mordem!

    A Janica chegou lá, bebeu água, bebeu, bebeu, bebeu, bebeu… E eles, coitaditos, vinham para casa todos cheios de medo, a olharem para um lado e para o outro, cheios de medo. E o pai disse assim:

    - Então, a burra bebeu água?

    - Ai, ela bebeu muito poucochinha, não sei porquê… Ela também fez queixas a você e você a querer bater à gente, não é?

    Depois eles lá arrumaram a burrinha. A burrinha não se ouviu toda a noite!

     

     

    Helena Cotrim, Matacães, Torres Vedras, Registo 2010.

     

     

     

Caracterização
Identificação
  • A burra com sede
  • Helena Cotrim
  • 1950
Contexto de produção
Contexto territorial
  • Matacães
Contexto temporal
Manifestações associadas
Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Encontros em festas e actividades promovidas pelo Município e Junta de Freguesia

Equipa responsável
  • Filomena Sousa
  • José Barbieri
  • Ana Sofia Paiva
  • Documentário - Realização Filomena Sousa


 

Visite a nova exposição virtual!

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA