Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

Agora mandas tu

nome:

Paulatino Augusto

ano nascimento:

25/01/1929

freguesia: Grândola
concelho:
Grândola
distrito:
Setubal
data de recolha: Fevereiro 2007
 

Dados de inventário
  • Agora mandas tu
  • Poetas Populares de Grândola - Vídeo Poesia Popular.

    “Agora mandas tu”- Provocação feita à esposa sobre o governo da casa.

    Paulatino Augusto; Ano de nascimento: 1929; Concelho de Grândola.

    Registo 2007.

Transcrição
  • Agora mandas tu

     

    Mulher a ver-te descansada

    e *na’ me ‘tejas(1)* a arreliar(2).

    Porque o governo da nossa casa

    passas tu a dominar.

     

    Já me encontro, porém, inocente

    pela velhice que Deus me deu.

    Inté(3) aqui mandei eu

    e tu mandas daqui pra(4) diante.

    Só para eu te ver contente

    por isso já não mando nada.

    Porque por seres tão apoupada(5),

    isso para mim é um prazer.

    Vais mandar inté morrer

    mulher vive descansada.

     

    Eu sei que sou culpado

    e muita gente me ignora

    porque eu gasto a toda a hora.

    Eu sou um homem desgraçado.

    Por alguém sou assessorado

    e andam de mim a falar.

    Mas tu é que passas a mandar

    que é isso que eu estou desejando.

    Vais ficar com todo o mundo

    E não me ‘tejas a arrealiar.

     

    Não vivas aborrecida.

    Podes viver com alegria.

    Que eu já prometi à Virgem Maria

    Para tu mandares toda a vida.

    Nesta carreira(6) seguida

    nunca mais *ando eu na brasa*(7).

    *Fazes a minha e a tua vaza*(8),

    enquanto eu vida tiver.

    E tu é que vais mandar mulher

    o governo da nossa casa.

     

     

    Eu já pus o meu plano

    a partir deste momento.

    Mas tens que me mostrar o aumento

    que a gente tiver ao fim de um ano.

    Ouça lá, não seja engano,

    mas também vou palpitar:

    se a nossa vida aumentar

    seria imensa diferença.

    E por aí chamo julgo(9) à crença.

    Passas tu a dominar.

     

     

    Paulatino Augusto, Grândola, Fevereiro de 2007

    Glossário:

     

    (1) Na’ me ‘tejas – Não me estejas.

    (2) Arreliar – a contrariar, a impacientar, a irritar ou a aborrecer.

    (3) Inté – até.

    (4) Pra – abreviatura oral de “para a”.

    (5) Apoupada – o mesmo que poupada (pessoa que economiza, gasta com moderação, amealha).

    (6) Carreira – corrida, percurso, decurso da existência.

    (7) Ando eu na brasa – ando à pressa, a correr ou conduzir muito depressa.

    (8) Fazes a minha e a tua vaza – no caso, dás tu as cartas, fazes a tua e a minha vez (vaza: as cartas jogadas num lance e que são recolhidas pelo jogador que ganha).

    (9) Julgo – por hipótese jugo (sujeição, opressão, força repressiva).

    Para a execução deste glossário consultaram-se as seguintes fontes: http://www.priberam.pt; http://www.infopedia.pt/; http://aulete.uol.com.br

     

     

     

     

     

     

     

     

Caracterização
  • Décimas.

    Quadra (mote) seguida de uma glosa em 4 décimas (em redondilha maior).

    Classificação: Proposta por Paulo Correia (CEAO/ Universidade do Algarve) em Julho de 2007.

Identificação
  • Agora mandas tu
  • Paulatino Augusto
  • 1929
Contexto de produção
  • Comunidade - Poetas Populares de Grândola
Contexto territorial
  • Biblioteca Municipal de Grândola (contacto Cristina Bizarro).
Contexto temporal
  • Actualmente sem periodicidade certa. Encontros informais e iniciativas do Município de Grândola.
Manifestações associadas
  • A poesia alentejana de Grândola era dita em festas, feiras, locais de entretenimento e principalmente em tabernas.
Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Poetas populares em iniciativas esporádicas do Município de Grândola. Em Grândola, vários poetas populares participam na iniciativa Rota das Tabernas (16ª edição em 2010) realizada em Junho.

    Existem vários Encontros de Poetas Populares, nomeadamente em concelhos do Alentejo e do Algarve.

Equipa responsável
  • José Barbieri
  • José Barbieri
  • Maria de Lurdes Sousa
Arquivo
  • 4/42:38 - 45:03
  • 1/grandola2011/Grandola 4

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA