Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

Dados de inventário
  • Toda a gente é um adulto
  • Poetas Populares de Grândola - Vídeo Poesia Popular.

    “Toda a gente é um adulto”- O corpo cresce, mas nem sempre a maturidade o acompanha.

    Horácio Luís Pereira; Ano de nascimento: 1934; Concelho de Grândola.

    Registo 2007.

Transcrição
  • Toda a gente é um adulto

     

     

    «Toda a gente é um adulto

    o depois de se criar.

    Mas uns têm, outros não

    a cabeça no seu lugar.

     

    No dia do nascimento

    e faz na vida a presença,

    depois é enorme a diferença

    no seu desenvolvimento

    Aquele que adquire talento

    passa a ser um homem culto.

    E há outros que são um vulto

    dentro da sociedade,

    mas atingem a maioridade.

    Toda a gente é um adulto.

     

    Há quem seja completo.

    Também há quem não o seja.

    Por tudo aquilo que enseja

    pouco terá de concreto.

    Pois assim não é correcto

    e nem na vida sabe estar.

    E nunca se chega a apurar

    e desse mal que não tem cura.

    Mas toda a gente é criatura

    o depois de se criar.

     

    Ao nascer é pequenino,

    começa com o tempo a crescer.

    E um adulto irá ser

    e pela ordem do destino.

    E até há quem faça um pino

    e  meta a cabeça no chão

    Esse inverte a situação.

    Mas a pessoa está erguida,

    mas inteligência, conta e medida

    uns têm, outros não.

     

    Composto de braços e pernas

    assim será o seu corpo,

    desempenado ou torto

    que há pessoas velhas e modernas.

    E há umas que são fraternas

    e sabem-se na vida integrar.

    E quem souber analisar

    compreende e sabe bem

    que nem toda a gente tem

    a cabeça no seu lugar.

     

    Horácio Luís Pereira, Grândola, Fevereiro de 2007

     

     

     

     

Caracterização
  • Décimas

    Classificação: Paulo Correia (CEAO/ Universidade do Algarve) em Julho de 2007.
Identificação
  • Toda a gente é um adulto
  • Horácio Luís Pereira
  • 1934
Contexto de produção
  • Comunidade - Poetas Populares de Grândola
Contexto territorial
  • Biblioteca Municipal de Grândola (contacto Cristina Bizarro).
Contexto temporal
  • Actualmente sem periodicidade certa. Encontros informais e iniciativas do Município de Grândola.
Manifestações associadas
  • A poesia alentejana de Grândola era dita em festas, feiras, locais de entretenimento e principalmente em tabernas.
Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Poetas populares em iniciativas esporádicas do Município de Grândola. Em Grândola, vários poetas populares participam na iniciativa Rota das Tabernas (16ª edição em 2010) realizada em Junho.

    Existem vários Encontros de Poetas Populares, nomeadamente em concelhos do Alentejo e do Algarve.

Equipa responsável
  • José Barbieri
  • José Barbieri
  • Maria de Lurdes Sousa

 

Visite a nova exposição virtual!

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA