Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

Os dois velhos

nome:
Edmundo Manuel
ano nascimento:
1930
freguesia: Mora
concelho:
Mora                                 
distrito:
Évora
data de recolha: 2007
 
 

Dados de inventário
  • Os dois velhos
  • Mora

    "Os dois velhos" - Um casal idoso sabe que a morte é certa. Cada um quer morrer primeiro que o outro de modo a não sofrer a perda do cônjuge. Entretanto bate-lhes a morte à porta…

    Edmundo Manuel; Mora; Concelho de Mora, Évora

    Registo 2007.

Transcrição
  • Os dois velhos e a morte

     

    Em certa aldeia do Norte habitavam dois velhinhos (talvez em Trás-os-Montes, Alto Douro) e já tinham mais de noventa anos de idade. Lembravam-se da mocidade e esperavam breve morte.

     

    Pouco podemos viver – dizia o bom do velhinho.

    Deus queira que eu morra adiante,

    pa’ não sentir tristemente,

    a falta do teu carinho.

     

    Ouvindo isto a velhota, disse ao marido assim:

    Se a morte breve vier,

    e, se consciência tiver,

    leve-me primeiro a mim!

     

    Mas terminou esta conversa já alta noite à hora morta.

    Mas quando iam para se deitar,

    começaram a escutar

    e ouviram bater à porta.

     

    Bateram vezes sem conta, até que pergunta o velho em voz forte:

    Quem está aí a bater?

    E então ouviram dizer:

    Venha abrir! Que é a morte.

     

    A porta, pra morte entrar, ir abri-la nenhum quer.

    Então lá diz o marido:

    Tenho aqui um pé dorido,

    vai lá tu abrir mulher.

     

    A mulher cheia de medo e dizendo baixinho ao ouvido:

    Ai, que martírio o meu!

    Mas que grande dor que deu!

    Vai lá tu abrir marido!

     

    E a porta nada de se abrir.

    E a morte o que faz depois?

    Era forte e estava irada,

    entrou com a porta fechada,

    chegou lá, levou logo os dois.»

     

    Edmundo Manuel, 77 anos, Mora (conc. Mora), Junho 2007

Caracterização
    • Classificado segundo o sistema internacional de Aarne-Thompson: ATU 1354 A Morte e o Casal de Velhos [em verso].
    • Classificação: Paulo Correia (CEAO/ Universidade do Algarve) em Julho de 2007.
Identificação
  • Os dois velhos
  • Edmundo Manuel
  • 1930
Contexto de produção
Contexto territorial
  • Mora, Casa da Cultura de Mora
Contexto temporal
  • Hoje sem periodicidade certa. Encontros informais e iniciativas do Município de Mora e escolas
Manifestações associadas
  • Transmitidas aos serões, em quotidianos de trabalho e lazer.
Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Contadores de histórias participam em iniciativas do Município de Mora. São convidados para participar na inicativa Palavras Andarilhas. Vão a escolas, lares e bibliotecas. Participam em iniciativas do Fluviário de Mora e da Casa da Cultura. Destacam-se as seguintes actividades desenvolvidas desde 1999:

    - Encontro de Contadores e Histórias - 1999 a 2005

    - Ti Tóda - Conta-me eum conto, estafeta de contos - 2001 a 2004

    - As lendas vão à escola - 2005

    - O Talego Culto - 2007

    - O Talego ambiental - 2007 a 2008

    - Comunidade do Canto do Lume

Equipa responsável
  • José Barbieri
  • José Barbieri
  • Maria de Lurdes Sousa


 

Visite a nova exposição virtual!

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA