Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

Os Avós

nome:
Francisco Moura
ano nascimento:
1922
freguesia: Idanha-a-Nova
concelho:
Idanha-a-Nova                                             
distrito:
Castelo Branco
data de recolha: Setembro 2010
 
 
 

Dados de inventário
  • Os avós
  • Idanha-a-Nova

    "Os avós" - Memórias sobre a infância e os avós.

    Francisco Moura, Ano de nascimento 1922.

    Idanha-a-Nova

    Registo 2010.

Transcrição
  • Os avós

    «Eu conheci os meu avós

    quando ainda era garoto.

    Mas quando brincava com eles,

    diziam que eu era maroto.

     

    Diziam: - vai prà(1) caminha,

    tu precisas de dormir!

    Eu queria era brincadeira,

    prà cama não queria ir!

     

    - Larga essa brincadeira!

    E vai prà cama já!

    Eu, um pouco à minha maneira,

    fingia que ia pra lá.

     

    Dizia: - vou pò(2) quarto!

    E ia prà rua a brincar!

    Até tirava os sapatos

    pa’ não me ouvirem andar!

     

    A minha avó ia ao quarto

    a ver se eu estava a dormir.

    Eu tinha ido embora,

    sem que me vissem sair!

     

    Foi espreitar prà rua

    a ver se eu lá estava.

    *Deitava-me logo a luva*(3)

    e o meu rabo é que pagava!

     

    Mas batia-me devagarinho,

    era só a fingir que me batiam.

    E eu começava a chorar

    a fingir que me doía.

     

    Eram muito bons pra mim,

    tratavam-me muito bem.

    Agora que estão no Céu(4),

    que Deus os trate assim também!»

     

    Francisco Moura, Idanha-a-Nova, Setembro de 2010

     

     

     

    Glossário:

    (1) Prà – “para a” (contracção da preposição pra com o artigo ou pronome a; uso popular e coloquial).

    (2) “para o” (abreviatura oral, de uso informal e coloquial).

    (3) Deitava a luva – agarrava, prendia.

    (4) Céu – lugar para onde vão as almas do justos, dos santos e onde estão os anjos.

    Na construção deste glossário consultaram-se: http://www.priberam.pt.http://www.infopedia.pt

     

     

     

     

     

     

     

     

     

Caracterização
    • Poesia popular. Quadras. Poema de autor
Identificação
  • Os avós
  • Francisco Moura
  • 1922
Contexto de produção
Contexto territorial
  • Idanha-a-Nova, Biblioteca Municipal de Idanha-a-Nova
Contexto temporal
  • Hoje sem periodicidade certa. Encontros informais e iniciativas do Município de Idanha-a-Nova
Manifestações associadas
  • Transmitidas aos serões, em quotidianos de trabalho e lazer.
Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Residentes do concelho de Idanha-a-Nova em festas e romarias locais e em iniciativas do Município, Centro Cultural e Biblioteca de Idanha-a-Nova. Principais actividades desenvolvidas e que promovem estas manifestações culturais:

    Festas e Romarias

    Romaria da Nossa Senhora do Almortão

    Romaria de Nossa Senhora da Graça

    Festa do Divino Espírito Santo

    Os Mistérios da Páscoa

    Festa das Cruzes Monsanto

    Festa do Espírito Santo Ladoeiro

    Festa de Nossa Senhora da Conceição Penha Garcia

    Projectos

    Projecto Oralidades

    Festivais

    Festival de acordeonistas e tocadores de concertinas

     

    (Ver links em documentação)

Equipa responsável
  • José Barbieri e Filomena Sousa
  • José Barbieri
  • Maria de Lurdes Sousa
  • José Barbieri - realização do documentário (ver link em documentação)


 

Visite a nova exposição virtual!

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA