Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

Açorda d'Alho com Ovos

Designação:  Açorda d'Alho com Ovos - Eduardo Simão
Freguesia:  Santa Catarina da Fonte do Bispo
Concelho:  Tavira
Distrito:  Faro
Data de recolha:
2014
 

Dados de inventário
  • Açorda d’Alho com Ovos
  • As sopas ou açordas são essenciais na cozinha do Algarve e Alentejo.
    No sul de Portugal a açorda de alho é a base comum de todas estas açordas. Durante todo o ano há pão, alhos, azeite, coentros e hortelã. Conforme a época agrícola podem incorporar o tomate, a azeitona, os espargos e outros alimentos. A açorda é consumida com ou sem proteína, sendo que esta pode incorporar as sopas ou ser servida em separado. É o caso da fava, dos ovos, do peixe seco ou salgado. Hoje, a abundância de proteínas animais trouxe uma maior variedade gastronómica à açorda.

Caracterização
  • Ingredientes:
    Para cerca de 30 pessoas
    35 Ovos, 7 pães de ½Kg,
    Água, Alhos, Azeite, Coentros, Hortelã, Limão, Sal - quantidade é calculada na altura de acordo com o gosto de quem cozinha.

    Preparação:
    Num recipiente, que não vai ao lume, colocam-se os coentros e os alhos esmagados. Deita-se uma pitada de sal e espreme-se sumo de limão sobre a mistura. De seguida deita-se azeite de modo a cobrir o fundo. Numa bacia batem-se 5 ovos. Mistura-se os ovos batidos ao restante preparado. Deixa-se a repousar enquanto se corta o pão, de preferência duro, em fatias finas. Colocam-se as fatias no recipiente, por cima dos restantes ingredientes. Põe-se uma panela ao lume com água. Quando a água está a ferver, desliga-se o lume e deitam-se ovos inteiros – sem casca – durante um a dois minutos. De seguida despeja-se a água quente e os ovos sobre o preparado da açorda. Mistura-se tudo com cuidado. Enfeita-se com folhas de hortelã e está pronto a servir.

     

  • As sopas ou açordas são essenciais na cozinha do Algarve e Alentejo. A simplicidade e baixo custo desta comida contribui para a sua presença quotidiana nas mesas.
    As sopas feitas a partir de água quente estão entre os primeiros alimentos confecionados pelo ser humano. Aparentemente simples, esta técnica assenta num conhecimento profundo das plantas e frutos que definem as variantes de cheiro e sabor de cada açorda. O figo seco é um dos alimentos que tradicionalmente acompanham a açorda na serra algarvia. Uma mão cheia de figos secos dão energia suficiente para o esforço de um dia de trabalho.
    A partir de pão duro cortado fino e de um molho de ervas aromáticas produzem-se uma série de pratos cujas variações são inspiradas pela sazonalidade dos alimentos disponíveis. No sul de Portugal a açorda de alho é a base comum de todas estas açordas. Durante todo o ano há pão, alhos, azeite, coentros e hortelã. Conforme a época agrícola podem incorporar o tomate, a azeitona, os espargos e outros alimentos. A açorda é consumida com ou sem proteína, sendo que esta pode incorporar as sopas ou ser servida em separado. É o caso da fava, dos ovos, do peixe seco ou salgado. Hoje, a abundância de proteínas animais trouxe uma maior variedade gastronómica à açorda.

Identificação
  • Domínio
    • Competências em processos e técnicas tradicionais
  • Açorda d’Alho com Ovos
  • Eduardo Simão
  • Reformado
Contexto de produção
  • Clube de Caça e Pesca dos Morenos
  • 1998
Contexto territorial
  • Morenos
Contexto temporal
  • Esporádica
Manifestações associadas
  • Dieta Mediterrânica.

    A Dieta Mediterrânica envolve um conjunto de saberes baseados na proximidade e na sazonalidade. Estes saberes aplicam-se à agricultura, à alimentação e à organização social. A sua zona natural de ocorrência é a bacia mediterrânica. Os produtos da época, o azeite, o pão e os vegetais são predominantes nesta dieta.

  • Utensílios Utilizados

    Alguidar de Barro

    Panela de Alumínio

  • Serra Algarvia

Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Nucleos familiares, grupos informais

Direitos Associados
  • Os direitos colectivos são de tipo consuetudinário.

  • Colectivo, Anónimo

Acções de Salvaguarda
  • Esta receita continua ser confeccionada em diversas localidades da Serra Algarvia, não se identificando situações de risco. São, no entanto, as gerações mais velhas que mais vezes preparam a receita.

  • A transmissão geracional é feita no meio familiar. As acções de salvaguarda da Dieta Mediterrânica vieram dão destaque a estas receitas.

Equipa responsável
  • José Barbieri
  • José Barbieri
  • José Barbieri
  • José Barbieri
Arquivo
  • Não se aplica
  • 4/Tavira

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA