Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

Salvo pelas compotas

nome:
Artur Miquelino
ano nascimento:
1928
freguesia: Esposende
concelho:
Esposende
distrito:
Braga
data de recolha: Outubro 2010
 
 
 

Dados de inventário
  • Salvo pelas Compotas
  • Esposende

    "Salvo pelas Compotas" - Episódio de família que demonstra o poder e influência exercidos pelos pescadores.

    Artur Miquelino, Ano de Nascimento 1928,Esposende. Registo 2010

Transcrição
  • Salvo pelas compotas

     

    Os pescadores eram reis aqui em Esposende, antes desse tempo. Depois começou a morrer o valor. Mas antes desse tempo, o guarda-fiscal chegou ali no cais, estava o pescador a acender um isqueiro com uma lima. Não tinha fósforos! E aquilo era proibido. E diz-lhe assim o guarda-fiscal para ele, que era o Luís da Golga; diz:

    - A licença?

    - Calma, que ainda estou a acender o cigarro! Calma, que ainda estou a acender o cigarro.

    Ele, trunga, fazia faísca e queimava lá num pano. Acendeu, botou o isqueiro ao bolso e pôs-se a pé, foi para lá.

    - Amostre-me a licença!

    - Calma! -bota a mão ao bolso, passa o pé: trás – rio! Atirou-o ao rio. E pôs-se no mundo.

    Ele, a salvação dele, foi esgatanhar para o cais e vá lá – não morreu! Se ele morre, ficava lá, que ele fugiu! Fugiu. De manhã: prende o Luís da Golga, não prende… E Luís da Golga em casa fechado: quem não aparecesse em vinte e quatro horas, não era preso. Naquele tempo era assim. Mas o valor dos pescadores…

    Depois… Um dia, quando os pescadores não iam ao mar, juntavam-se todos para dizer uma anedota, um, uma anedota, outro, para se entreterem até à hora de comer. E então vem uma tia do meu avô (quando o meu avô morreu, eu tinha 9 anos), vem uma tia do meu avô a chorar.

    - Que foi, rapariga?

    O meu avô, o Sebastião da Oninha, puseram-lhe “O Boi”. E foi esse, o guarda-fiscal, que o pôs!

    - Foi aquele ladrão que me empurrou! -ela vinha com sangue no joelho. – Foi aquele ladrão que me empurrou…

    Não falou. Foi por ali fora, dizem assim os pescadores:

    - Já lhe vai assentar…

    Mas, sabe como é? Os pescadores começaram a olhar... Chega à beira do guarda-fiscal, disse-lhe assim:

    - Olha lá, então bate-se em mulheres? -trás: o guarda-fiscal caiu redondo.

    Os pescadores, quando viram o guarda-fiscal a cair redondo, correram todos:

    - Sebastião, tu mataste-o!

    Diz agora o meu avô:

    - Ó home’, eu só lhe toquei! -mas que ele tinha força como um boi… -Eu só lhe toquei!

    Numa tasca! Aquilo era os pescadores de volta do guarda-fiscal, a ver… Mas o meu avô não ligou nenhuma! Daí a um bocado, vem a guarda de chuis e o meu avô para a cadeia, logo; antigamente iam directos para a cadeia!

    Mas a minha avó, que fazia o doce para aqueles coronéis… A minha avó fazia o doce para eles todos, para os coronéis todos – a família dos coronéis. Quando ele ia preso, o meu avô, foram a correr à minha avó:

    - Sra. Maria, o seu marido vai ali preso para a cadeia!

    Ela falou com o que estava lá, que era coronel. O coronel veio acolá, veio acolá, tau-tau:

    - Ei: shhhh, shhhh! -para a guarda; eram dois guardas: -Leve esse homem para o posto, que eu vou já lá.

    Isto era competência de oficiais! A guarda? Nem um esturro: para o posto! Ele chegou lá:

    - O que é que se passa? Vai-te embora, que eu resolvo o assunto! -para o meu avô.

    O meu avô, casa. Ao outro dia, diziam assim os pescadores:

    - Vês? O que vale é a tua mulher estar a fazer doces, senão estavas lá dentro!

     

     

Caracterização
Identificação
  • Salvo pelas Compotas
  • Artur Miquelino
  • 1928
  • Actividade pesqueira
Contexto de produção
  • Comunidade de pescadores de Esposende
Contexto territorial
  • Esposende, Biblioteca Municipal Manuel Boaventura
Contexto temporal
Manifestações associadas
  • Tempos de lazer, serões onde se contam histórias e anedotas
Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Comunidade de pescadores de Esposende, encontros promovidos por entidades locais - município e biblioteca

Equipa responsável
  • Filomena Sousa
  • José Barbieri
  • Ana Sofia Paiva
  • Documentário - Realização Filomena Sousa


 

Visite a nova exposição virtual!

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA